quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Um breve olhar literário da Bíblia

Marcelo Gil da Silva

Teólogo

Centro Universitário da Grande Dourados (UNIGRAN) Graduado


A Bíblia de Gutenberg é o primeiro livro impresso substancial no Ocidente com o tipo móvel de metal móvel, século XV.
(Universidade do Texas, Austin)
Originalmente os livros que compõem a Bíblia foram escritos em hebraico, aramaico e grego e, não apenas a língua, mas toda uma forma dos escritores e do povo a quem os texto foram dirigidos originalmente, exige um estudo minucioso para um melhor entendimento da mensagem.

O hebraico é uma língua pictórica, onde expressa-se de uma forma emocional. Uma língua pessoal capaz de dramatizar a narrativa dos acontecimentos. Já o aramaico é uma língua que chegou a ser a língua geral do Oriente Próximo e, por ser amplamente popular e falada em Israel no período do cativeiro, as letras hebraicas passaram a ser usadas com uma escrita mais próxima da aramaica, ficando mais quadradas. O grego, utilizado no Segundo Testamento, foi uma língua amplamente difundida no mundo conhecido na época. Por ser uma língua “universal”, o alcance dos textos foi bem abrangente.

Cada língua (hebraico, aramaico e grego) teve sua importância em sua época e na cultura dos povos que tiveram contato com ela, por isso eu não colocaria uma língua superior às outras. No entanto, vale mencionar o sentimento (”feeling”) da língua hebraica. O estudo científico é fundamental na construção da fé, pois tratando-se de textos antigos, que atravessaram diferentes períodos históricos e culturais, torna-se necessário métodos científicos para buscar entender como as pessoas contemporâneas dos textos entendiam os mesmos.

Com uma melhor compreensão de como se entendia os textos bíblicos em suas épocas, pode-se construir uma fé com base nos próprios. Descartar o estudo científico da Bíblia é descartar o alicerce da fé, pois para construí-la [a fé] é necessária uma compreensão sólida, ou seja, não superficial da própria Bíblia. Por fim, o estudo científico da Bíblia nos auxilia no conhecimento das escrituras, buscando uma melhor compreensão e interpretação dos textos sagrados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário